10% da população está em situação de risco

Palestra abordou consolidação do Sistema Único de Assistência Social e valorização de trabalhadores

Palestra abordou consolidação do Sistema Único de Assistência Social e valorização de trabalhadores

Segundo a secretária municipal de Assistência Social, Maria Aparecida Rodrigues Mazzola, 10% da população de Jundiaí vive em situação de vulnerabilidade ou de risco. “Não é um público que está abaixo da linha da pobreza, mas que merece atenção especial por parte do governo”, disse ontem, durante a 8ª Conferência Municipal de Assistência Social, no Complexo Argos.

Maria Aparecida explicou que a Rede de Proteção Social do município acredita que é preciso a união de vários setores para obter sucesso no combate à pobreza. “Áreas como educação, saúde e esportes precisam estar ligadas. Um depende do outro. A inclusão diminui as desigualdades.”

A secretária lembrou que as ações desenvolvidas pelas áreas de proteção básica, como o Centro de Referência de Assistência Social (Cras), o Centro de Referência ao Idoso (Criju), Acolhimento Familiar, têm ajudado muito esta porcentagem da população a ingressar no mercado de trabalho. “Mesmo quem não consegue um emprego formal pode buscar o sustento através do informal, quer seja por meio de trabalhos como manicure ou vendendo salgadinhos.”

Diretrizes – Com o tema “Consolidação do Sistema Único de Assistência Social (Suas) e a valorização de seus trabalhadores”, o evento contou com a participação da assistente social e também professora assistente-doutora do Departamento de Fundamentos do Serviço Social da Faculdade de Serviço Social da PUC, Raquel Raichelis. “As Conferências de Assistência Social são bienais e têm como objetivo maior avaliar e propor diretrizes para o aprimoramento da Política Pública da Assistência Social”, destacou.

Raquel expôs sobre o tema central e disse que ele é desafiante. “É um tema que está nas agendas das políticas sociais do mundo todo. Além disso, o trabalho na área sofre transformações. Por isso, é preciso melhorar as condições de trabalho de quem atua na área, e assim, melhorar também os serviços prestados a quem precisa.” Além da palestra, foi levado à conferência o que a sociedade organizada de Jundiaí refletiu e propôs sobre os temas pautados.

“Na Conferência Estadual, soma-se o que todos os municípios do Estado de São Paulo propuseram em suas respectivas conferências e consolidarão, assim, as propostas do Estado que serão apresentadas e deliberadas na Conferência Nacional”, frisou. Segundo a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Maria Aparecida Carlos, as conferências exigem um olhar mais amplo. “Elas visam a unir esforços para o desenvolvimento de uma política pública que tenha ações propositivas de todos os envolvidos. Queremos, inclusive, ouvir mais propostas hoje (ontem).”

Jornal de Jundiaí

Publicada em 02/08/2011


Agenda

D S T Q Q S S
Loading...
<< Previous | Next >>
  1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30  

Acesse também


Prefeitura de Jundiaí

CMAS Conselho Municipal de Assistência Social
Rua Senador Fonseca, 605 - Centro
Jundiaí - SP - CEP 13201-017
Telefone: (11) 4497-0008


CMAS Conselho Municipal de Assistência Social | Desenvolvido por CIJUN